Av. Fernando Arens, 281 - Jundiaí - SP 11 99665-5536 11 4526-8389

Serviços

Serviços

AVCB / CLCB & EMISSÃO DE LAUDOS

AVCB (Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros)

O Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros, também conhecido pela sigla AVCB, é a certidão emitida pelo Corpo de Bombeiros da Polícia Militar do Estado de São Paulo a qual certifica que, no momento da vistoria realizada por um profissional da corporação, a edificação ou área de risco possuía as condições de segurança contra incêndio previstas pela legislação e constantes no processo de obtenção/renovação do documento, processo esse acompanhado, normalmente, pelo Projeto Técnico das medidas de segurança contra incêndio e pânico.

Tais condições de segurança compreendem a integração das medidas estruturais, técnicas e organizacionais para garantir à edificação e/ou área de risco o mais alto nível de proteção contra incêndio e pânico por um determinado período pré-estabelecido (desde que não haja alterações no presente cenário), sendo necessária sua revalidação após seu vencimento, ou seja, o AVCB pode ter validade de 1, 2, 3 ou até 5 anos dependendo do uso da edificação.

CLCB (Certificado de Licença do Corpo de Bombeiros)

O Certificado de Licença do Corpo de Bombeiros, também conhecido pela sigla CLCB, é a certidão emitida pelo Corpo de Bombeiros da Polícia Militar do Estado de São Paulo a qual certifica que a edificação foi enquadrada como sendo de baixo potencial de risco à vida ou ao patrimônio e concluiu com êxito o processo de adequação das medidas de segurança contra incêndio e pânico.

Tal certidão também é válida por um período pré-estabelecido, sendo necessária sua revalidação após seu vencimento, ou seja, o CLCB pode ter validade de 1, 2, 3 ou até 5 anos dependendo do uso da edificação. Não há obrigatoriedade da edificação ser vistoriada por um profissional da corporação, porém, o Corpo de Bombeiros pode ou não optar por uma vistoria in loco.

Disposições Gerais

A atual legislação obriga que as edificações residenciais, comerciais e industriais possuam o AVCB ou o CLCB conforme a categoria a qual o mesmo se enquadra, sendo que sua ausência ou sua anulação (após expirado o prazo de validade) pode resultar no fechamento do imóvel, inviabilizar a obtenção do alvará de funcionamento do estabelecimento, invalidar apólices de seguro, gerar multas mediante a fiscalização realizada por órgãos competentes do Governo, entre outras complicações.

O AVCB/CLCB é obrigatório nos seguintes casos:

  • Construção e reforma
  • Mudança da ocupação ou uso
  • Ampliação da área construída
  • Regularização das edificações e áreas de risco
  • Construções provisórias

A certidão não é obrigatória para residências exclusivamente unifamiliares ou para residências exclusivamente unifamiliares localizadas no pavimento superior de ocupação mista, com até dois pavimentos e que possuam acessos independentes. Caso as ocupações mistas não sejam separadas por compartimentação, aplica-se as exigências da ocupação de maior risco, porém, havendo compartimentação, aplicam-se as exigências de cada risco específico.

É importante que um engenheiro devidamente capacitado e habilitado junto ao CREA se responsabilize pelo desenvolvimento das medidas de segurança contra incêndio e pânico da edificação e/ou área de risco. Desenvolvendo um pleno trabalho de assessoria técnica, a Combat Fire, além de disponibilizar profissionais com expertise de mercado e totalmente aptos a cumprir todos os requisitos exigidos pela legislação, também submete o projeto para aprovação junto ao Corpo de Bombeiros, executando todo o acompanhamento do processo até que o AVCB/CLCB seja concebido ao cliente.

EMISSÃO DE LAUDOS TÉCNICOS COM A.R.T.

Laudo técnico é um documento que contém um parecer técnico sobre um determinado assunto, normalmente emitido por um especialista e com conteúdo baseado em normas, imagens, visitas ao local da obra, pesquisas, entre outros.

Em se tratando de medidas de segurança contra incêndio e pânico, para que o AVCB / CLCB seja emitido ou renovado, uma série de laudos técnicos podem ser requisitados em complemento ao processo, devendo ser apresentados para posterior análise do Corpo de Bombeiros.

Como os documentos são elaborados por profissionais da área da engenharia devidamente habilitados e registrados no CREA, os mesmos são emitidos juntamente com suas respectivas Anotações de Responsabilidade Técnica (A.R.T.), comprovando que o engenheiro responsável possui a competência necessária para emitir tal parecer, responsabilizando-se pelo conteúdo descrito.

Contando com um corpo técnico multidisciplinar, a Combat Fire desenvolveu, juntamente com seus parceiros, soluções integradas para que o cliente possa ter total respaldo mediante a necessidade de se apresentar os laudos técnicos exigidos no processo de obtenção ou renovação do AVCB, sendo eles:

  • Laudos de instalações/manutenção de medidas de segurança contra incêndio
  • Laudos de controle de materiais de acabamento e revestimento (CMAR)
  • Laudos de estanqueidade de centrais e sistemas de gás GLP
  • Laudos de instalações elétricas e grupo moto gerador
  • Laudos de Sistemas de Proteção Contra Descargas Atmosféricas (SPDA).
Serviços
Serviços

RTI

Reserva Técnica de Incêndio

A Reserva Técnica de Incêndio – RTI - atua principalmente no que diz respeito à prevenção de incêndios, é um preparo que ocorre antes da chegada do Corpo de Bombeiros. Trata-se da primeira ação a ser realizada para controlar o fogo até que o Corpo de Bombeiros chegue e tome as medidas cabíveis, utilizando um hidrante de recalque ou hidrante de passeio que bombeará a água para então disseminá-la contra o fogo.

Os tipos de sistema da Reserva Técnica de Incêndio

Como cada imóvel tem sua particularidade, os cálculos do volume de água devem se adequar com cada um. Elas variam os tipos de sistema a ser usado, o porte do imóvel e exemplos de locais no qual o cálculo é viável. Confira os grupos:

  • A: Residencial (edifícios de apartamentos residenciais)
  • B: Serviços de Hospedagem (Hotéis residenciais ou assemelhados, albergues, pousadas e casas de cômodos)
  • C: Comercial Varejista (Lojas, armarinhos, galerias, lojas de departamentos, shoppings, mercados e outros centros comerciais de pequeno, médio e grande porte)
  • D: Serviços profissionais, pessoais e técnicos (Escritórios, consultórios, bancos, lavanderias, órgãos públicos, mecânicas, laboratório de análises clínicas)
  • E: Instituições educacionais como escolas em geral, centros universitários, escolas preparatórias e outros tipos de estabelecimentos de ensino.

A Reserva Técnica de Incêndio é a norma técnica da NBR 13714, que define que todo município precisa ter uma reserva de incêndio para apoiar o momento de apagar as chamas

Serviços

SISTEMA DE HIDRANTES

Sistema de Hidrantes

O sistema de hidrante é uma medida de segurança que compreende uma série de componentes que, quando montados juntos, fornecem uma fonte de água para auxiliar as autoridades de incêndio. O sistema de hidrante é um suprimento de água com pressão e fluxo suficientes fornecidos através de tubulações em todo o edifício para uma rede de válvulas estrategicamente localizada para fins de combate a incêndio. Em algumas circunstâncias, a água de um sistema retido de hidrante também pode ser compartilhada com outras medidas de segurança, como sistemas automáticos de sprinklers ou bobinas de mangueira de incêndio.

Ao projetar um sistema de hidrante, objetivos específicos de desempenho devem ser atendidos, dos quais requerem uma análise hidráulica para demonstrar que há pressão e fluxo de água suficientes no hidrante mais hidraulicamente desfavorecido.

Ao projetar um sistema de hidrante, objetivos específicos de desempenho devem ser atendidos, dos quais requerem uma análise hidráulica para demonstrar que há pressão e fluxo de água suficientes no hidrante mais hidraulicamente desfavorecido.

Os componentes para um sistema de hidrantes é composto por:

  • Reservatório de água
  • Bombas de incêndio
  • Tubulações e peças hidráulicas
  • Registro de manobra
  • Abrigo de mangueiras
  • Registro de recalque

Durante um incêndio, os bombeiros podem fornecer água adicional e aumentar a pressão da água para satisfazer as demandas do sistema de hidrante. Isso é feito conectando um dispositivo de incêndio (caminhão) entre uma fonte de água alternativa e a conexão auxiliar.

MANUTENÇÃO

Os sistemas de hidrante requerem inspeções, testes e pesquisas periódicas para determinar se o sistema está operando e é mantido em um estado que permita cumprir seu objetivo.

Os sistemas de hidrante são um sistema ativo de proteção contra incêndio, instalados como parte de uma estratégia geral para a proteção da vida em um edifício.

Serviços

SISTEMA DE ALARME DE INCÊNDIO

Sistema de Alarme de Incêndio

O Sistema de alarme de incêndio é um sistema constituído e adequadamente interligados, fornece informações de princípios de incêndio. Por meio sonoro e visual, avisa para abandono de área e controla os dispositivos de segurança e combate automático que são instalados estrategicamente pelo local.

Não apenas colaborar a evitar o incêndio, o objetivo também é localizar onde foi o início do ocorrido, de forma que maiores danos sejam evitados, quanto mais rápido a identificação mais fácil as ações, que ajudam e minimizar os danos e avisar aqueles que ocupa o espaço da edificação através de sirenes sonoras, para abandono da área.

Os diversos tipos de detectores podem ser:

  • Detector pontual de fumaça, iônico ou fotoelétrico
  • Detector de temperatura, térmico ou termovelocimétrico
  • Multisensores (fumaça mais temperatura), de chama
  • Detector por amostragem de ar (HSSD)

Os Sistemas de Detecção e Alarme de Incêndio são compostos de alguns elementos básicos:

  • Central de Alarme e Detecção
  • Detectores
  • Acionadores Manuais
  • Sinalizadores
  • Módulos de entrada e saída

A central de alarme é responsável por coletar a informação de estado dos detectores e, em caso de verificar uma situação de alarme, ativar os sinalizadores. Abaixo, os tipos de sistema:

Sistema de Detecção Convencional

Muito usado em condomínios, o sistema de detecção e alarme de incêndio convencional é ideal para quando não há necessidade de se determinar a localização específica do foco de incêndio.

Sistema de Detecção Endereçável

Permite que cada um dos dispositivos integrados seja reconhecido com precisão. Eles recebem um número, que é chamado de endereço, e quando ocorre algum evento o dispositivo acionado emite um sinal para a central, permitindo que seja identificado o ponto exato da incidência do sinistro e o tipo de dispositivo.

A central de alarme endereçada pode ainda ser classificada como "Analógica" ou "Inteligente", na medida que fornece mais informações a respeito de seu funcionamento e permite uma gama maior de configurações. Esta inteligência a torna mais adaptável às condições de cada ambiente.

Serviços

ELABORAÇÃO DE PROJETOS TÉCNICOS

Projeto Técnico de Segurança Contra Incêndio e Pânico (PTSCIP)

As medidas de segurança contra incêndio e pânico desenvolvidas para uma determinada edificação ou área de risco devem ser apresentadas ao Corpo de Bombeiros para prévia análise e aprovação visando a obtenção ou a renovação do AVCB (Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros) ou do CLCB (Certificado de Licença do Corpo de Bombeiros), sendo que os critérios para sua elaboração devem obedecer as regulamentações de segurança de cada estado da federação, as respectivas instruções técnicas do Corpo de Bombeiros (também de cada estado) e as normas técnicas vigentes no país.

A apresentação das medidas de segurança devem ser apresentadas para análise por meio de:

  • Projeto Técnico (PT)
  • Projeto Técnico Simplificado (PTS)
  • Projeto Técnico para Instalação e Ocupação Temporária (PTIOT)
  • Projeto Técnico para Ocupação Temporária em Edificação Permanente (PTOTEP)

O Projeto Técnico Simplificado (PTS) foi criado pelo Corpo de Bombeiros de São Paulo para facilitar a regularização de edificações com até 750 m² de área construída e com até três pavimentos, além de outras variáveis cujas características determinam o baixo risco de incêndio da ocupação. Nesta modalidade de projeto, visando a obtenção/renovação do AVCB, é dispensada a apresentação de plantas da edificação contemplando as medidas de combate a incêndio e pânico necessárias para prover a segurança do local, porém, o registro de informações sobre as medidas em questão deve ser feito mediante o preenchimento de formulários específicos direcionados ao processo.

Para edificações com área construída superior a 750 m² e com altura acima de 12 metros, bem como para ocupações onde é necessário a existência de sistemas hidráulicos ou sistemas especiais de combate a incêndio, enquadra-se o Projeto Técnico (PT) completo, o qual envolve a elaboração de uma série de documentações e plantas da edificação, cujas informações são obtidas ou desenvolvidas mediante análise das características e posterior classificação da edificação e/ou áreas de risco, sendo que o processo para determinação das medidas de segurança contra incêndio e pânico está diretamente relacionado com o tipo da ocupação, podendo ser abordados os seguintes aspectos:

  • Acesso de viaturas nas edificações e/ou áreas de risco;
  • Separação entre as edificações visando o isolamento do risco;
  • Segurança Estrutural contra incêndio das edificações;
  • Compartimentação horizontal e vertical;
  • Saídas de emergência e determinação de rotas de fuga;
  • Elevadores de emergência;
  • Pressurização de escadas de segurança;
  • Formação de brigada de incêndio;
  • Iluminação de emergência;
  • Sistema de detecção e alarme de incêndio;
  • Sinalização de emergência;
  • Extintores de incêndio (especificação, quantificação e posicionamento);
  • Sistema fixo de combate a incêndio por meio de hidrantes e mangotinhos;
  • Sistema fixo de combate a incêndio por meio de chuveiros automáticos (sprinklers);
  • Sistema fixo de combate a incêndio por meio de gases como agentes limpos e dióxido de carbono (CO2);
  • Sistema fixo de combate a incêndio por meio de espuma;
  • Sistema de resfriamento para líquidos e gases inflamáveis e combustíveis;
  • Determinação de medidas para controle de fumaça;
  • Controle de materiais de acabamento e revestimento (CMAR);
  • Plano de intervenção e de gerenciamento de risco contra incêndio e pânico;
  • Armazenamento de líquidos inflamáveis e combustíveis;
  • Manipulação, armazenamento, comercialização e utilização de Gás GLP e Gás Natural;
  • Medidas de segurança para manipulação e armazenamento de fogos de artifício e pirotecnia;
  • Medidas de segurança para manipulação e armazenamento de produtos perigosos.

Outras medidas de segurança que também podem ser abordadas nos projetos técnicos, de forma a complementar os requisitos necessários para obtenção ou renovação do AVCB/CLCB, envolvem a apresentação de laudos técnicos de sistemas de proteção de descargas atmosféricas (SPDA), instalações elétricas, vasos de pressão e caldeiras, entre outros, além do desenvolvimento de medidas de segurança contra explosões de poeiras combustíveis e gases inflamáveis.

Para as situações de maior complexidade onde há a necessidade se elaborar o projeto técnico completo, o conteúdo desenvolvido deve ser apresentado ao Corpo de Bombeiros para prévia análise e aprovação antecipadamente ao pedido de vistoria da edificação e/ou área de risco, tornando-se, portanto, um requisito importante no processo de obtenção ou renovação do AVCB.

Mediante a crescente demanda e, consequentemente, a busca por uma assessoria qualificada por parte das empresas, estabelecimentos e empreendimentos cujas exigências por segurança tem sido cada vez mais constantes, a Combat Fire disponibiliza um time de profissionais capacitados e habilitados no CREA para analisar as características das edificações e/ou áreas de risco, classificar as ocupações mediante os requisitos da atual legislação e verificar as exigências técnicas necessárias para que seja possível dimensionar as medidas de segurança contra incêndio e pânico essenciais para que o Projeto Técnico seja devidamente elaborado.

Serviços

RECARGA DE EXTINTORES

Mediante a necessidade de se manter equipamentos apropriados para o combate ao princípio de incêndios nas edificações, a Combat Fire faz o fornecimento e a recarga de extintores de incêndio de diferentes tipos e categorias, sendo os mesmos carregados com Água (H2O), Dióxido de Carbono (CO2) ou Pó Químico Seco (PQS).

Trabalhos de manutenção, como teste hidrostático, pintura e substituição de mangueiras e manômetros também fazem parte do portfólio de serviços da empresa, visando o perfeito funcionamento dos extintores de incêndio.

Para uma maior comodidade, a Combat Fire realiza a retirada e a entrega dos equipamentos no estabelecimento de seus clientes, independentemente de ser comércio, indústria ou residência.

Serviços

EXECUÇÃO DE OBRAS

Instalação de Sistemas de Prevenção e Combate a Incêndio

A Combat Fire possui mão-de-obra especializada e devidamente preparada para executar instalações dos mais variados tipos de sistemas, equipamentos e dispositivos de prevenção e combate a incêndio. Visando o mais alto padrão de qualidade e segurança na prestação dos serviços. Todos os trabalhos são realizados sob supervisão do corpo de engenharia da Combat Fire, sendo que todas as obras possui sua respectiva A.R.T. emitida pelo responsável técnico da empresa devidamente habilitado e registrado no CREA.

Fazem parte do portfólio de obras da Combat Fire as seguintes instalações:

  • Sistemas de combate a incêndio por hidrantes e mangotinhos
  • Sistemas de combate a incêndio por chuveiros automáticos (sprinklers)
  • Sistemas de resfriamento com Líquido Gerador de Espuma (LGE)
  • Sistemas de supressão de incêndio com Agentes Limpos, CO2 e Gases Inertes
  • Sistemas de detecção e alarme de incêndio (convencionais e endereçáveis)
  • Sistemas de proteção contra descargas atmosféricas (SPDA)
  • Sistemas de iluminação de emergência
  • Sinalização de emergência e sinalização de rota de fuga
  • Portas corta-fogo
  • Reserva técnica de incêndio
  • Skid de Bombas de Incêndio (Instalação de equipamentos e construção de abrigos em alvenaria)

Adequações de Medidas de Segurança Contra Incêndio e Pânico

O corpo técnico da Combat Fire também está apto a executar todas as obras necessárias para adequação das medidas de segurança contra incêndio e pânico em uma edificação visando a regularização da mesma junto às exigências do Corpo de Bombeiros para obtenção do AVCB e do CLCB.

Executamos obras de adequação predial para regularização da edificação junto às exigências do Corpo de Bombeiros, bem como executamos trabalhos de compartimentação de ambientes, aplicação de pintura intumescente e adequações civis de diversas naturezas.

As adequações de medidas de segurança mais comuns executadas pela Combat Fire são:

  • Adequação predial de escadas (corrimãos, guarda-corpos, degraus de escadas, entre outros)
  • Adequação de acessos a rotas de fugas, saídas de emergência, pintura de solo, entre outros
  • Adequação de instalações elétricas de baixa tensão
  • Adequação de sistemas de proteção contra descargas atmosféricas já existentes
  • Compartimentação horizontal de ambientes com drywall e/ou alvenaria
  • Aplicação de pintura intumescente (material retardante de chama)
  • Adequação civil de diferentes naturezas nas edificações
Serviços

TREINAMENTOS

Formação de Brigada de Incêndio

A Brigada de incêndio é um grupo de pessoas (moradores de uma edificação, funcionários de uma empresa, colaboradores de uma instituição, etc) que, voluntariamente, se credenciam para participar de treinamentos práticos visando o conhecimento das medidas de segurança contra incêndio e pânico existente no local, com o objetivo de aprenderem sobre os principais aspectos causadores de incêndios, operação de equipamentos de prevenção e combate a incêndio e adoção das demais medidas emergenciais para salvaguardar vidas e preservar patrimônios.

Para que uma edificação obtenha o AVCB, é importante que as medidas de segurança contra incêndio e pânico sejam de conhecimento de um determinado número de ocupantes (quantidade de pessoas pré- determinada conforme as leis vigentes no país), sendo que a certificação do curso de Brigada de Incêndio deve ser apresentada ao Corpo de Bombeiros para prévia aprovação.

A Combat Fire, através de parcerias com instituições e profissionais da área de segurança, promove treinamentos de formação de Brigada de Incêndio devidamente certificados, sendo que os mesmos podem ser praticados nas dependências do próprio cliente (ministrando o conteúdo prático com foco nas medidas de segurança existentes no local).

Serviços

MANUTENÇÃO DE SISTEMAS

Um bom sistema de prevenção e combate a incêndio está diretamente relacionado com a garantia de proteção à vida e continuidade dos negócios de uma determinada organização, porém, é importante que as medidas de segurança contra incêndio e pânico estejam em perfeitas condições de apresentação e funcionamento.

Dispositivos eletrônicos e equipamentos hidráulicos requerem mais cuidado e devem ser testados com mais frequência de forma que sejam mantidos sempre em funcionamento, principalmente os sistemas que tendem a atuar apenas em situações de emergência.

Ciente desta necessidade, a Combat Fire oferece a seus clientes planos de manutenções preventivas de forma a testar e operar regularmente seus equipamentos, bem como, atua em situações críticas que envolvem intervenções corretivas, buscando o mais alto padrão de atendimento no menor tempo possível.

Segue abaixo o portfólio de serviços de manutenção executados pela Combat Fire:

  • Manutenção em sistemas de detecção e alarme de incêndio
  • Manutenção em redes hidráulicas de combate a incêndio (hidrantes e sprinklers)
  • Manutenção em bombas de incêndio
  • Manutenção de quadro de bombas, cavalete de testes e periféricos
  • Manutenção em sistemas de iluminação de emergência

Whatsapp COMBATFIRE Whatsapp COMBATFIRE